sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Pom Gets Wi-Fi e suas referências otaku/ nerds - Parte 1

Olá, meu amores. O post de hoje foi feito como uma forma de relembrar tudo de bom que a internet nos proporcionou em todos esses anos. Pensando nisso, selecionei um dos jogos que conheci em 2015. O jogo, em questão, se chama Pom Gets Wi-Fi, que, apesar de meio infantil, tem um conteúdo forte, repleto de gírias e palavreados. Além disso, o jogo possui algumas referências otaku/nerds, que pensei em trabalhar com vocês. Pois bem, bem vindos ao céu canino!
Me nota, senpai.
O jogo de computador conta a história de uma cadela da raça Spitz chamada Pom que, após um incêndio em sua casa, morre e vai parar no céu canino. Não satisfeitos em matar a cadela, quem fez jogo também matou o Shibe, um cachorrinho que residia na mesma casa que Pom. A cadela é completamente viciada em internet, e acabou morrendo por conta disso, pois não queria largar o notebook. Em decorrência disso, a cadela utiliza (ao longo do jogo) gírias da internet, se remetendo, inclusive à animes e jogos. Super amo a Pom! <3
1 - Koffing e Weezing
Antes de morrer, intoxicada pela fumaça do incêndio, Pom fala essas duas palavras. Para os bons conhecedores, Koffing e Weezing remetem ao nome de dois pokémons. Porém, devemos relembrar que os criadores de pokémon utilizaram várias referências na criação dos mesmos. No caso, Koffing deriva da palavra inglesa coughing, que significa tosse. Já Weezing deriva da palavra inglesa wheezing, que significa pieira (som abafado e rouco, característico da respiração difícil de um doente). No caso, as referências são bem empregadas.

2 - Kokoro
Kokoro é um dos termos mais empregados tanto pela Pom quanto por um cadinho de gente. A palavra kokoro é de origem japonesa e significa "coração". No caso, a palavra pode significar vários sentimentos como coragem e afeto, por exemplo. Em minhas humildes pesquisas percebi que o coração "físico" leva outro significado, apesar de ser empregado com esse propósito pelos "otakus" da vida. Quem souber mais, se prontifique em explicar nos comentários, por favor.

3 - Sebastian
Uma das referências que você pega no ar. Ao chegar no céu canino, Pom reencontra Shibe e o nomeia de Sebastian. Logicamente ela está chamando-o de mordomo, em uma clara referência ao mordomo e demônio Sebastian Michaelis do anime/ mangá Kuroshitsuji.

4 - Fanart Kawoshin
Nessa fui pega de surpresa e, confesso, boiei. Isso se deve ao fato mais claro do mundo: nunca assisti Evangelion e nem pretendo. Pom chega em uma casa e se depara com um quadro meio bizarro. A cadela, claro e óbvio, não fica calada e despeja: "Se parece fanart do Kawoshin. Você vê, essa parte é o cu do Shinji". O termo fanart refere-se aos desenhos de fãs da série, nesse caso, fãs que shippam Kawoshin (relacionamento entre Kaworu Nagisa e Shinji Ikari, do anime já citado). Pom é fujoshi. hahaha

5 - Kuroko e Kagami
Pom, em seus devaneios, continua. Ao ver uma rosa gigante, solta "se rosas normais são Kuroko, então essa é Kagami", numa clara referência à altura dos principais personagens do anime/ mangá Kuroko no Basket, ambos shippados.

6 - Garry
Ao seguir para outra rosa gigante, Pom fala "não seria louco se o Garry carregasse uma rosa desse tamanho?". Mais uma referência! Nesse caso, Pom está se referindo ao visual novel, aka jogo, chamado Ib. Garry, o personagem citado, tem o cabelo da mesma cor da rosa. Sobre a história (por Otacute):
Uma garota de 9 anos chamada Ib visita uma galeria de arte com seus pais. Enquanto observava as obras, ela repentinamente percebe que se perdeu e agora encontra-se sozinha. No meio do caminho, ela encontra Garry, um garoto que também ficou preso no museu. Garry acompanha Ib e depois encontram Mary, uma garota estranha, também de 9 anos. Enquanto buscam uma saída, os três encontram coisas estranhas na galeria...
Bom, por hoje é só. Espero que tenham gostado. Os posts restantes já estão prontos, porém resolvi dividi-los para melhorar a postagem regular do blog. Para os que estão curiosos sobre o jogo, ou que desejam jogar, sugiro o vídeo abaixo ou, se preferir, o download do jogo (esse último devem procurar no Google).

Beijos no kokoro. 

3 comentários:

Miyaneo disse...

Eu não jogo jogos, admito que nunca fui boa; mas eu ADORO ver gameplays. Eles deixam os jogos que eu acho chato porque não consigo descobrir como jogar direito mais divertido. Eu vi Pom Gets Wifi pelo canal do Alan (aquele que faz mais terror) e eu amei KJDADJASKLDJAKLDJALDKAJSDKLASJDAL~KDJA

Enquanto eu via, ÓBVIO que fui pegando as referências de internetês e claro, das fujoshis! Ela não é nem aquele personagem doente "otaku", e sim "otaku e fujoshi" e eu como uma rachei o bico assistindo ela falando várias abobrinhas e shippando os próprios cachorros LKJDASKLDJALKDJALKÃ

É um jogo bem divertido pra se ver gameplay, mas uma vez que você vê o final não tem muuuita coisa a ser feita para jogar depois.

Beijos~

Raio disse...

Você tem toda a razão. Sempre assisto canais de gameplay, mas só assisto os vídeos de jogos que não pretendo jogar. Dependendo do gameplay, só assisto para dar risada mesmo.

:3

Beijos

Kitsu-chan XD disse...

me notaa senpaiii kkkk, tá em todo canto essa cadelinha, ela me representa sem o wi-fikkkk. Luba é uma onda, gosto de ver canais de gameplay, é bom para descobrir se o jogo é a aquilo que você espera ou não.


|MaYu Geek|
|Facebook|