quarta-feira, 30 de março de 2016

Mangás e HQs: Sobre Nana e o que ainda não foi explicado

Nana é, sem dúvidas, um dos shoujos mais populares de todos os tempos. A receita para tudo isso é bem conhecida: personagens carismáticos, enredo interessante e traços maravilhosos. O mangá, publicado desde 2000 na revista Cookie, é obra da mangaká Ai Yazawa, também conhecida por obras como Gokinjo Monogatari e Paradise Kiss.
Como todos devem saber (ou não), o mangá seguiu seu curso por muitos anos e, graças a várias reviravoltas, tem até hoje um dos finais mais especulados e aguardados. Tudo isso será em vão. Ai Yazawa, devido a problemas de saúde, deu a notícia que todos temiam: Nana foi cancelado por falta de disposição. Para quem não sabe, ela trabalha sem nenhum assistente, então isso se tornaria mais desgastante do que poderíamos imaginar.
A Cookie, revista na qual a história era publicada no Japão, ganha alguns trocados sempre que lança algo novo relacionado ao título, mas não trata de falar nada sobre a continuação. Todos em silêncio enquanto fãs ainda alimentam a expectativa de que algum dia Yazawa acorde e decida voltar. O próprio MyAnimeList já deu o mangá como concluído, então nem tenho mais esperança.
Sobre esse texto, acho que apenas resolvi desabafar minha frustração em não saber o final de cada um dos meus queridos personagens. É muito chato se apegar a uma coisa e não saber a que fim levou. O mangá terminou de uma hora para outra, e alguns capítulos (pelo que lembro) nem chegaram a ser encadernados...
Sobre o titulo desse post, gostaria apenas de levantar essa questão: o que ainda falta ser explicado? Acho que para que algo termine, seria bem mais viável que fossem revelados os mistérios. Acho que seria bem interessante. Nos meus sonhos, ainda penso em algo bem Itazura na Kiss, onde a autora morreu antes de concluir o mangá, mas graças a um caderno de rascunhos fizeram um anime e a história ganhou um ponto final. Com Nana deveria acontecer a mesma coisa, mas não com a morte da Yazawa, claro, mas ela bem que deveria falar algo para os estúdios e eles, com todo um investimento, terminariam de adaptar o mangá e dariam um final legal, sem chororô. Ainda choro quando penso que a segunda temporada chegou a ser confirmada, mas por falta de material nem falam mais no assunto. Fazer o que, né?
O que ainda falta esclarecer? CONTÉM SPOILER!
A autora sempre dava um "petisco" do que o futuro reservava para cada personagem, mas lógico, deixando todo um mistério. Quando vi o pequeno Ren e a Satsuki, fiquei alarmada, me perguntando o que aconteceu. Após a morte do Ren, o mundo desandou, então saber como todos os personagens lidariam com isso parecia ser claro, até que o mangá acaba e não sabemos mais de nada. Ao menos sei que Satsuki é mesmo filha do Takumi, o que me entristece, pois ainda queria que o Nobuo resgatasse a Hachi da armadilha do Takumi.
Nana Oosaki está em algum lugar de Londres, o que pra mim tem uma ligação direta com o punk na Inglaterra. Além disso, antes de morrer, Ren tinha comprado um presente de aniversário para Nana, e o mesmo foi entregue para a protagonista, mas não foi aberto.
Outra coisa que também não foi explicada foi a separação da Hachi e do Takumi. Alguns fãs supõe que o pequeno Ren é filho de Takumi e Reira (Layla) e isso acabou desgastando o relacionamento com a Hachi. Quero ver como Hachi amadureceu tanto, e se ela ainda ficará com o Nobuo... Aparentemente o amor deles ainda resiste.

Não custa sonhar, né?

quinta-feira, 24 de março de 2016

Sugestões de mangás: O amor está no ar!

Bom, minha ausência aqui deve ser justificada, mas creio que não haja necessidade. Para os poucos que me acompanham desde os meus primeiros passos no mundo virtual, creio que sabem que tenho uma conta no MyAnimeList, que é basicamente o local onde qualquer bom acompanhador de animes e de mangás deve visitar para se organizar em suas maratonas. Comparada às outras pessoas, andei por um tempo estagnada no que se refere à séries, mas resolvi aproveitar esse mês para conhecer obras que ainda eram desconhecidas por mim.
Hoje irei listar para vocês os dois dos mangás que andei acompanhando recentemente. Todos eles caem como super indicações, pois foram concluídos logo que os conheci, o que indica que sãos bons o bastante para me fazer ler quase 100 capítulos em questão de dias.

1 - Koukou Debut (Kazune Kawahara)
Bom, esse mangá não deve ser mistério para ninguém, e nem pra mim. Li ele há anos atrás, e reli cada capítulo um dia desses. A história, bem clima de romance colegial, não chega a ser espetacular, mas esse é um dos melhores mangás para quem gosta do gênero. Creio que, se comparado com Mars, esse é o que mais possui um tom de comédia, então a sua leitura é bem mais leve.
Sinopse: Em Koukou Debut acompanhamos a história de Haruna, uma garota que sempre se esforçou na prática de softball, mas que agora (no que seria o seu ensino médio) está a procura de um amor. Inspirada em mangás shoujo, a garota busca alguém que a faça feliz, e para isso ela pede a ajuda de Yoh, que à princípio nega ser seu "treinador", mas depois concorda, com a condição de que ela nunca se apaixone por ele.
Adaptações: o mangá não possui anime, mas foi adaptado para um filme live action.

2 - Mars (Fuyumi Souryo)
Mars é um mangá que te deixa sem fôlego, principalmente pelo ritmo que foi dado para a história. Em suas páginas, o título chega a abordar questões fortes, como suicídio, abuso sexual e bullying, tudo permeado por velocidade. O final não deixou de ser super tenso, e os personagens amadureceram bastante em vários capítulos, o que me deixou feliz pelo destino que foi dado a cada um. Outro fator que te convida a ler mais e mais a história é o relacionamento entre Rei e Kira, que não deixa de ser bem fofo e romântico.
Sinopse: Aqueles dois, desde o princípio, estavam destinados a ficarem juntos. Rei Kashino, um estudante com problemas familiares, e Kira Aso, uma garota que é quase invisível para todos do seu colégio, não faziam ideia que seus caminhos se cruzariam. A história começa a se desenvolver quando Kira, sempre tímida, descobre no violento Rei uma inspiração para uma nova pintura, e Rei, consequentemente, descobre em Kira alguém que ele quer proteger.
Adaptações: o mangá não possui anime, mas foi adaptado para uma série live action.

Como li outros títulos, ficarei postando essas indicações constantemente por aqui, pois adoro incentivar a leitura das séries que eu amo. Vale lembrar que esses mangás são bem distintos. Enquanto Koukou Debut é um clássico romance colegial, Mars pega pesado, e por isso este último é mais aconselhado para um público mais maduro. Para mais informações sobre cada um, o MyAnimeList é a melhor opção.

Qualquer dúvida, podem comentar.

sábado, 5 de março de 2016

Miyuki Takara Maid Figure [Unboxing]

Mais uma noite aqui em Fortaleza, noite perfeita para se fazer um post sobre comprinhas (-sqn). Quem me segue no Instagram deve ter notado que sempre passo minhas férias curtindo loucamente alguma cidade (-sqn²). Passei as férias todas estudando, como de costume e, de quebra, voltei para minha cidade e tive que ir direto pra facul. Sim, foi bem chato, mas acho que algo que deu pra recompensar foi, sem dúvidas, as figures que comprei em São Paulo (as primeiras de muitas).
No caso, a figure que mostrarei hoje é a que comprei para o meu namorado. Deixarei para mostrar a minha quando a coragem de tirar ela da caixa permitir. Sem mais delongas, vamos começar!

Essa figure faz parte da coleção comemorativa de 10 anos de Lucky Star. Sendo a primeira de uma coleção de quatro bonecas, fica até complicado comprar uma sem querer comprar as demais. Vale ressaltar que essa coleção não é ressente, sendo que seu lançamento foi no ano de 2014. Confiram a seguir mais detalhes.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Clamp publicará um novo mangá de Sakura Card Captor

E finalmente, a notícia que todos os fãs do grupo Clamp esperavam: um novo mangá de Card Captor Sakura.
Esse projeto foi anunciado no embalo das comemorações de 20 anos de Card Captor Sakura. Alguns pensavam em um novo anime, o que achei muito improvável, devido a inexistência de material inédito para ser adaptado. O anúncio de um novo mangá (história inédita) caiu como uma bomba na internet.

De acordo com o site Anime News Network (via Chibi Yuuto):

A edição de abril revista Nakayoshi, da Kodansha, anunciou na quinta-feira que os membros do criativo grupo Clamp estão publicando um novo mangá em sua franquia Cardcaptor Sakura. O anuncio não menciona algum outro detalhe sobre o novo trabalho, e a revista diz que anunciará em qual futura edição será publicado o novo mangá quando isso for decidido. O anúncio em japonês indica que o novo mangá não será uma série longa.


Ainda segundo o site Comic Natalie, será um one-shot, o que corta as ilusões de uma continuação longa, que seria adaptada para anime, mas que já é uma grande coisa para quem esperava um novo material sobre o maior sucesso do Clamp (como eu).

Esperando ansiosamente!