quarta-feira, 30 de março de 2016

Mangás e HQs: Sobre Nana e o que ainda não foi explicado

Nana é, sem dúvidas, um dos shoujos mais populares de todos os tempos. A receita para tudo isso é bem conhecida: personagens carismáticos, enredo interessante e traços maravilhosos. O mangá, publicado desde 2000 na revista Cookie, é obra da mangaká Ai Yazawa, também conhecida por obras como Gokinjo Monogatari e Paradise Kiss.
Como todos devem saber (ou não), o mangá seguiu seu curso por muitos anos e, graças a várias reviravoltas, tem até hoje um dos finais mais especulados e aguardados. Tudo isso será em vão. Ai Yazawa, devido a problemas de saúde, deu a notícia que todos temiam: Nana foi cancelado por falta de disposição. Para quem não sabe, ela trabalha sem nenhum assistente, então isso se tornaria mais desgastante do que poderíamos imaginar.
A Cookie, revista na qual a história era publicada no Japão, ganha alguns trocados sempre que lança algo novo relacionado ao título, mas não trata de falar nada sobre a continuação. Todos em silêncio enquanto fãs ainda alimentam a expectativa de que algum dia Yazawa acorde e decida voltar. O próprio MyAnimeList já deu o mangá como concluído, então nem tenho mais esperança.
Sobre esse texto, acho que apenas resolvi desabafar minha frustração em não saber o final de cada um dos meus queridos personagens. É muito chato se apegar a uma coisa e não saber a que fim levou. O mangá terminou de uma hora para outra, e alguns capítulos (pelo que lembro) nem chegaram a ser encadernados...
Sobre o titulo desse post, gostaria apenas de levantar essa questão: o que ainda falta ser explicado? Acho que para que algo termine, seria bem mais viável que fossem revelados os mistérios. Acho que seria bem interessante. Nos meus sonhos, ainda penso em algo bem Itazura na Kiss, onde a autora morreu antes de concluir o mangá, mas graças a um caderno de rascunhos fizeram um anime e a história ganhou um ponto final. Com Nana deveria acontecer a mesma coisa, mas não com a morte da Yazawa, claro, mas ela bem que deveria falar algo para os estúdios e eles, com todo um investimento, terminariam de adaptar o mangá e dariam um final legal, sem chororô. Ainda choro quando penso que a segunda temporada chegou a ser confirmada, mas por falta de material nem falam mais no assunto. Fazer o que, né?
O que ainda falta esclarecer? CONTÉM SPOILER!
A autora sempre dava um "petisco" do que o futuro reservava para cada personagem, mas lógico, deixando todo um mistério. Quando vi o pequeno Ren e a Satsuki, fiquei alarmada, me perguntando o que aconteceu. Após a morte do Ren, o mundo desandou, então saber como todos os personagens lidariam com isso parecia ser claro, até que o mangá acaba e não sabemos mais de nada. Ao menos sei que Satsuki é mesmo filha do Takumi, o que me entristece, pois ainda queria que o Nobuo resgatasse a Hachi da armadilha do Takumi.
Nana Oosaki está em algum lugar de Londres, o que pra mim tem uma ligação direta com o punk na Inglaterra. Além disso, antes de morrer, Ren tinha comprado um presente de aniversário para Nana, e o mesmo foi entregue para a protagonista, mas não foi aberto.
Outra coisa que também não foi explicada foi a separação da Hachi e do Takumi. Alguns fãs supõe que o pequeno Ren é filho de Takumi e Reira (Layla) e isso acabou desgastando o relacionamento com a Hachi. Quero ver como Hachi amadureceu tanto, e se ela ainda ficará com o Nobuo... Aparentemente o amor deles ainda resiste.

Não custa sonhar, né?

Um comentário:

Danih Lee disse...

Até hoje eu sonho em saber o final :(