segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Novidades sobre o musical de Kamisama Hajimemashita

Realmente a revista Hana to Yume está investindo em Kamisama Hajimemashita, que começou tímido, mas hoje é um dos títulos mais importantes da revista. A segunda temporada do anime começou a ser exibida na semana passada, mas as novidades sobre Nanami e companhia não pararam por aí. Em dezembro do ano passado foi anunciado um musical de Kamisama Hajimemashita, que estará em cartaz no Japão, mais especificamente no teatro Tokyo Geijutsu Gekijou Playhouse, de 21 à 29 de  março de 2015. O elenco já foi confirmado, mas as fotos dos mesmos já caracterizados estão sendo divulgadas aos poucos. Pois bem, confiram os atores como Tomoe e Kurama. Atualizarei o post com os demais conforme a divulgação.
Keisuke Minami como Kurama
Ren Yagami como Tomoe
O musical terá Takehiko Hata como diretor e roteirista. Os fotos dos atores de Nanami e Mizuki com suas respectivas caracterizações ainda serão divulgadas, então ficaremos no aguardo, né?

Xero!

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Kamisama Hajimemashita 2ª temporada - Primeiras Impressões

Ontem (05/01) estreou no Japão a segunda temporada de Kamisama Hajimemashita, o anime do qual já falamos aqui, então, se ainda não conhece a série, aconselho que leia o post anterior. O título não foi o melhor shoujo da temporada na qual foi exibido, mas foi um anime muito agradável de se assistir, e é por essa razão, e devido às comemorações do aniversário de 40 anos da revista Hana to Yume (revista na qual seu mangá é publicado no Japão), que sua continuação foi anunciada. Não esperei nem em meus sonhos mais otimistas por essa nova temporada, pois, desculpem-me, considerei a primeira fraca. Como veem, não sou uma boa vidente. Este post contém SPOILERS.
Devo adiantar que, tendo em vista que até agora foi exibido apenas um episódio, não me resta nada mais do que a tarefa de supor, então não esperem uma review completa. Bem, essa segunda temporada se propõe a trabalhar novos arcos, partindo do volume 6 do mangá. No primeiro episódio fizeram uma junção dos capítulos 31 e 32 com os capítulos 33 e 34, o que me deixou bastante confusa.
Logo na primeira cena fomos apresentados à Akura-Ou, um youkai (demônio) que possui uma ligação com Tomoe, o que abalará a vida tranquila dos moradores do templo Mikage. Nanami, a nova divindade da terra e guardiã do templo, continua a viver em seu posto, se mostrando mais dedicada a aumentar os seus poderes, além de continuar apaixonada por seu familiar, o demônio Tomoe. Pois bem, a trama ainda focará um pouquinho mais no passado de Tomoe, dando sequência ao que já foi abordado nos últimos episódios da primeira temporada.
O primeiro episódio focou num teste para Nanami ir para uma conferência de divindades, buscando assim sua aprovação. O teste apresentado no anime envolveu a criação de um shikigami, já o teste do mangá foi idêntico, porém Nanami teve que competir com outra divindade humana. Shikigami, pra quem não sabe, é uma espécie de espírito protetor (quem já assistiu Shaman King deve lembrar de Gouki e Zenki).
Pois bem, não sei o motivo, mas resolveram cortar a personagem Kayako, a "divindade humana", o que não mudou muito a história. Sua importância consiste no fato de que é ela quem introduz o personagem Mori Kirihito, ou melhor, o Akura-Ou. A participação da personagem apenas ia estender a história, o que não é tão bom quando se procura, em poucos episódios, dar um desfeche.
Como já mencionei, Nanami ganhou um shikigami, o que será uma grande evolução, pois ele substituirá os seus talismãs. Nomeado Mamoru (que significa "proteger"), o shikigami em forma de macaco, dará um toque fofo à série, então já prevejo várias pelúcias dele nas lojas japonesas.
Sobre o episódios seguintes
Akura-Ou será devidamente introduzido, e a história de como seu espírito foi parar no corpo do jovem Mori Kirihito deverá ser explanada. Outro personagem melhor trabalhado no próximo episódio será Mizuki, que procurará Kurama pra saber como deve agir na presença de humanos. Aproveitando, Kurama terá seu passado um pouco remexido com o surgimento de seu irmão.
A conferência de divindades continuará sendo abordada, e com a mesma conheceremos outros deuses, além de compreendermos melhor a relação entre Mikage e Tomoe. Sério, Tomoe continuará sendo uma lacuna durante muito tempo, e muita coisa sobre ele aparecerá, pois, afinal, a história toda se baseia no relacionamento entre ele e Nanami. Não devemos esquecer que estamos falando de uma animação shoujo, o que significa que teremos uma estudante adolescente conhecendo um mundo novo, apesar de continuar se preocupando com os problemas escolares, enquanto de apaixona por um jovem lindo "com orelhas" (sim, isso soa muito familiar). É uma obra que se destaca por sua simplicidade e por possuir características em comum com outras obras.
Considerações finais
A abertura melhorou em relação à da primeira temporada, mas continua simples. O estúdio TMS Entertainment continua trabalhando no título, o que justifica o mesmo design dos personagens e a mesma trilha sonora. Ainda não foi divulgado o número de episódios que serão exibidos, mas suponho que serão, em média, 13 episódios.

Agora só nos resta assistir. 

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Conhecendo o maior Centro Pokémon de Tóquio

Não há como negar que muitos conheceram a franquia Pokémon por meio do anime, que já possui 17 temporadas. Porém a franquia de "Ash e seus amigos" também possui mangá (com publicação em andamento no Brasil), filmes, jogos eletrônicos ou até mesmo card game. Sem dúvidas é uma das maiores franquias da Nintendo, e por essa razão a mesma não poupou esforços para tornar o mundo dos "bichinhos de bolso" mais próximo da realidade. Para muitos isso não é novidade, mas no Japão existem os Pokémon Centers, ou seja, uma enorme loja de produtos relacionados à franquia, como pelúcias e camisetas, por exemplo.
No final de 2014 a Nintendo inaugurou uma mega estrutura chamada Pokémon Center Mega Tokyo, em Ikebukuro, um dos bairros mais famosos da capital. Atualmente é uma das atrações da cidade.

Que tal conhecer um pouco sobre essa mega estrutura?

 

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Inspirações para 2015

2015 já começou. A partir de hoje vocês têm cerca 365 dias para curtir a vida, além de colecionar experiências únicas. Como todo ano é uma caixinha de surpresas, nas quais coisas boas e ruins podem acontecer, desejar algumas viagens e passeios logo no começo de cada etapa faz com que exista uma maior probabilidade de se conseguir um bom ano. É claro que nem tudo que queremos vai acontecer, mas se programarmos com antecedência, as chances ficarão do nosso lado. Então, para ajudar meus leitores nessa tarefa, selecionei algumas imagens para servir de inspiração. Confiram:
Viajar de avião
1 - Viajar de avião
2014 não foi um ano muito bom para as viagens de avião, como vimos nos noticiários, entretanto, o avião continua sendo um dos transportes mais seguros de se viajar, sem contar na rapidez e conforto, além do frio na barriga em cada decolagem. 
Sorvete
2 - Sorvete
Sorvete nunca vai sair de moda, pelo menos se depender de mim. Apesar de colaborar com algumas gordurinhas, um sorvetinho não mata ninguém, além de ser algo necessário para pessoas como eu, que vivem em locais quentes.
Gelado e quente ao mesmo tempo
3 - Conhecer a neve
Como já falei acima, vivo numa região muito quente, o que já descarta a probabilidade de neve. Nunca caminhei sobre a neve, e em 2015 espero visitá-la. Sei que morrerei de frio, mas a experiência será única, isso posso garantir.
Books, books and books.
4 - Conhecer novas livrarias
Todos nós sabemos que cada livraria é única. Encontrar um exemplar único de Alice ou Peter Pan pode ser algo mais gostoso que sorvete... Ou não!
Music, yeah!
5 - Ir pro show da sua banda favorita
Em 2013 e 2014 pude zerar a vida com o show da Beyoncé e do Guns n' Roses, respectivamente, então espero que 2015 me brinde com algum show que balance minha rotina e que me faça ficar em meio a uma multidão (sem ironias, lógico).

Espero que em 2015 esse blog ganhe novos textos, ajude novos leitores e distraia os antigos, porque sem vocês esse espaço já teria acabado há muito, muito tempo. Agradeço mais uma vez a companhia e espero ter colorido um pouco a criatividade de vocês.

Ano novo, vida nova!